Make your own free website on Tripod.com

SAÚDE BIAZI

Home

AIDS | Arritimia Cardiaca | Arterioesclerose | Bactérias | Catarata | D.S.T. | DPOC | Diálise e Hemodiálise | Diabétes | Dicas e Sondas | Edema Pulmonar | Faringite | Hipertensão | Higiêne e Camas | Hemofilia | Insuficiência Renal | Juramento | Lúpus | Miocardite | Neutropenia | Podologia | Protozoários | Prontuário do Paciente | Rinite | Saúde no trabalho | Terminologias Epidêmicas | Terminologias
Podologia

Podologia é o nome da ciência que trata do estudo dos pés através de profissionais especializados que são os podólogos. O podólogo é o profissional de nível de segundo grau com qualificação técnica e instrumental, que utiliza equipamentos apropriados para o tratamento das afecções superficiais nos pés.

01.Escolha do modelo certo de Calçado.
Tenha uma idéia bem clara do tipo de calçado e que lhe proporcio
ne um bom calce. Nada de gáspea afogada para pés exageradamente altos, bem como sapato de fôrma estreita para quem possui joanetes

02.Atenção às folgas.
A cada passo o pé se alonga de 6 a 10 milímetros para a frente, mesmo dentro do calçado. Por isso é preciso que ele tenha uma folga no bico para permitir esse alongamento.

03.Nem largo, nem estreito.
O calçado ideal deve abraçar firme e suavemente a zona de articulação do pé. O sapato muito largo nesta zona, tende a jogar o pé para frente.

04.Sem aperto nos pés.
Na maioria dos casos o calçado não dá de si, tão pouco amacia com o tempo. Por isso, se apertar, ainda que um pouco, o modelo não é o ideal.

05.Meias e calce.
A grossura da meia ou a ausência dela faz uma grande diferença no calce de um calçado. É aconselhável escolher o novo par de calçados com o mesmo tipo de meia do dia-a-dia.

06.Calçados infantis.
Nos calçados infantis deve haver uma folga extra no bico, para acomodar o crescimento natural do pé. Desta forma não haverá prejuízo aos pés e o calçado servirá mais tempo

07.Tênis, para que te quero!
A grande variedade de tênis existentes é uma vantagem na hora da escolha. Mas é preciso escolher o modelo certo para a prática de cada atividade física.

08.Suor demais.
Calçados em materiais sintéticos não são aconselhaveis às pessoas que suam muito nos pés. Os mais indicados são os modelos com cabedal e forro de couro.

09.Calçar na hora certa.
Nossos pés, a medida que o dia avança, tendem a inchar, chegando a aumentar até meio número. Por isso, quando a escolha ocorrer nas primeiras horas do dia, não leve um modelo que fique um pouquinho apertado.

10.Calce os dois pés.
Nem todo mundo tem os dois pés iguais. Por isso é importante que o cliente calce os dois pés do sapato


DICAS

Usar sempre que possível meias de algodão e calçados com solado de couro, por absorverem melhor a transpiração. Devem ser confortáveis, preferencialmente sem costuras.Após banho, secar muito bem entre os dedos
Deixar o calçado em um lugar arejado para secar totalmente da transpiração, por uma noite.
Consultar freqüentemente um podólogo para higienização dos pés e prevenção de micoses.
Usar constantemente talco anti-sépticos antes de calçar sapatos fechado.
Cortar as unhas corretamente, no sentido reto, ou seguindo sua anatomia. Evitar o uso de material de outra pessoa. É preferível e seguro usar sempre material próprio.Evitar retirar a cutícula da unha. Ela é a barreira de proteção da unha. Sem ela abre-se o caminho de entrada para fungos e bactérias, provocando micose.


O TRABALHO DO PODÒLOGO
Tratamos rachaduras do calcanhar. Tratamento de unha encravada
Calos e calosidades. Correção de unha encravada. Corte perfeito de unha Pedicuro completo
Verruga plantar Massagem nos pés. Hidratação nos pés Atuamos também na prevenção orientação e encaminhamento para o tratamento de doenças dos pés e unhas, aos profissionais médicos especializados.

.